Arquivo de Maio, 2008

O Q de Queda

Posted in Comentarios on Maio 26, 2008 by locupletado

O público das novelas da Globo encolheu, envelheceu e “enriqueceu” nos últimos anos. Dados do Ibope permitem concluir que a queda de audiência das novelas da emissora esá relacionada ao maior acesso de jovens a novas midias, como a internet e o crescimento econômico.(tirado da coluna Daniel Castro na Folha SP)

– Segundo a pesquisa o único público que vem se mantendo fiel as novelas da emissora carioca são as velhas senhoras,como a minha avó que raramente perde um capitulo.

– Outro provavel motivo para o “Q de queda da Globo” é a debandada de muitos funcionários para a Rede Record……

– De qualquer jeito esta noticia é digna de comemorações.

De graça até cinema brasileiro

Posted in Comentarios on Maio 19, 2008 by locupletado

“Há quem diga que o brasileiro não gosta de filmes nacionais. Como então explicar o fato de que a sala de cinema com a maior taxa de ocupação do país há quase quatro anos seguidos é o Cine Tela Brasil, uma sala popular que leva somente cinema brasileiro, de graça, para a população das periferias?”(cineastas casados Laís Bodansky e Luiz Bolognesi, em carta ao Estadão de domingo)

Cine Tela Brasil foi criado e produzido pelos cineastas Laís Bodanzky e Luís Bolognesi (autores de “Bicho de Sete Cabeças”). O projeto consiste em uma grande tenda de 13m x 15m, onde são instaladas 225 cadeiras, equipamento profissional de projeção 35mm (cinemascope), tela de 7m x 3m, som stereo surround e ar condicionado. Toda a estrutura é montada e desmontada a cada visita, sendo transportada por um caminhão próprio, que durante as sessões transforma-se em sala de projeção.

– 5 filmes brasileiros serão ou já foram exibidos no festival de Cannes(é o cinema brasileiro não é tão ruim).

– Aqui em Rolândia, cidade com mais de 50 mil habitantes, não tem cinema…….alias nem as locadoras servem para muita coisa. Por outro lado, ontem eu dei uma passadinha na tradicional feira de domingo e comprei dois dvds(obviamente piratas). Não sei se eu que estava muito por fora, mas fiquei espantado na hora de pagar……2 reais cada filme. Quando cheguei em casa, antes mesmo de trancar a porta eu corri para a sala e coloquei o dvd. Acredite se quiser, o filme(lançamento!) de 200 centavos  só não tinha extras.

– Ah outra coisa…..Pirataria é crime(o filme era tão “original” que até esse alerta ele fazia).

Tirei o chapéu

Posted in Comentarios on Maio 13, 2008 by locupletado

Eu li semana passada esta crônica(abaixo) do Luiz Fernando Verissimo e fiquei de queixo caído, espero que gostem:

O PAÍS DO QUEM DIRIA

Um brasileiro que tivesse ido para o espaço em 2002 e voltado agora teria toda a razão para estar tonto, e não apenas pelo choque da reentrada na atmosfera. Teria viajado em meio a manifestações de pânico do mercado financeiro com a  iminência da eleição do Lula e voltado em meio à festa pelo governo Lula ter recebido a mais alta condecoração que a cabala financeira mundial pode dar, a Medalha do Pagador Confiável, grau de convertido mor. Nosso perplexo viajante no espaço não pararia de repetir a frase mais ouvida no país das expectativas furadas, nestes últimos tempos: “Quem diria… Quem diria…”

Quem diria que quem um dia pregou o calote acabaria um pagador premiado? Quem diria que os barbudos que mudariam tudo quando chegassem ao governo, começando pela política econômica, não apenas continuariam a mesma política como conseguiriam o reconhecimento internacional que as fatiotas do governo anterior não alcançaram?

Quem diria que em vez do caos que previam com a eleição do Lula os bancos se vissem, no seu governo, favorecidos e ricos como nunca antes? Quem diria que, com sua aprovação popular empatando com a aprovação da irmandade financeira, o governo do PT se transformaria num exemplo inédito de populismo conservador?

É verdade que o “quem diria” pode ser dito com tanto quanto agradável surpresa, dependendo da expectativa furada de cada um. Para quem tinha esperanças mais de esquerda, a decepção com o conservadorismo do PT no governo, mesmo compensada com o golpe para a auto-estima do patriciado brasileiro que é o prestígio do torneiro-mecânico nas altas rodas do dinheiro, e mesmo com os avanços simultâneos havidos na distribuição de renda no país, ainda é uma decepção.

Para quem já estava fazendo as malas para fugir do caos em 2002, mesmo após o Lula ter avisado que não faria nada do que eles estavam temendo no governo, o “quem diria” vem acompanhado de um sorriso incrédulo. Quem diria que seria logo num governo do PT a apoteose do pensamento único?

O grau de país seguro para investimentos significa, em linguagem menos cabalística, que é seguro jogar neste cassino. O crupiê não tira cartas da manga, a roleta está no nível certo. A analogia só não é completa porque nos cassinos reais a casa costuma ganhar mais do que os apostadores e, no Cassino Brasil, onde o dinheiro entra e sai sem controles —  e agora entrará e sairá com mais volume —,  a casa é a que menos ganha.

Fenômeno(não o gordo!)

Posted in Comentarios on Maio 6, 2008 by locupletado

Enquanto a mídia vira a página do caso Isabela e passa para o caso Ronaldo Fenômeno, muitos fenômenos- reais- tem ocorrido no páis do presidente Lula. Foi-se o tempo em que o brasileiro se gabava de morar em um país livre de desastres naturais. Por conta do El Ninã, fenômeno decorrente do aquecimento global, o Brasil foi alvo recentemente de várias amostras de tempestades naturais. O Terremoto em São Paulo, Ciclone Extratropical no Rio Grande do Sul, Ondas de 3 metros no Rio e a Forte Chuva de Granizo aqui na minha Rolândia são exemplos destas amostras que a natureza tem dado como resposta aos índices enormes de poluição e desmatamento feito pelo bicho- homem. Para você ter uma idéia, tinha granizo aqui perto de casa do tamanho de uma laranja. Em alguns lugares a camada de granizo media 50 milimetros(parecia até neve). Não podemos esquecer do Tornado que por pouco não se formou em Apucarana(pertinho de Rolândia) no final de janeiro deste ano.

– se alguém lembrar de algum fenômeno recente que não tenha sido citado por favor aumente a lista…..

Terceiro Mandato!?….já tem até Quinto…

Posted in Comentarios on Maio 5, 2008 by locupletado

A legislação brasileira permite que os prefeitos sejam reeleitos apenas uma vez, assim como o presidente. Aliás, a discussão em torno do terceiro mandato para Lula tem gerado uma grande polêmica. Alguns dizem que Lula é o futuro Chavez brasileiro……(a Dilma é a chiquinha?).Enquanto isso, nas cidades vários prefeitos de diferentes regiões do país já conseguiram dar um jeito de driblar a lei que impede a “re-reeleição”. É isso mesmo eles deram o famoso “jeitinho” canarinho. Depois de se eleger e reeleger como prefeito,  o político muda seu domicilio eleitoral em seu último ano no cargo público e concorre a um novo mandato em outra cidade, geralmente vizinha. Em Pernambuco, o prefeito Yves Ribeiro (PSB) é um exemplo típico dessa artimanha política. Ele está em seu quinto mandato consecutivo, em três cidades diferentes. 

– Quem sabe o Lula não se inspira nessa ideia………..2010  ele assumi a presidencia de nossos vizinhos paraguaios e encerra de vez esse negocio de Itaipu.

Acidente de Trabalho

Posted in Comentarios on Maio 2, 2008 by locupletado

Cerca de seis mil pessoas morrem por dia em conseqüência de acidentes e doenças ligadas a atividades laborais. São 270 milhões de acidentes de trabalho não fatais e 160 milhões de casos novos de doenças profissionais por ano. E de acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), esses dados divulgados não tendem a retroceder.

“Na atualidade, as rápidas mudanças tecnológicas e uma economia que se globaliza a passos gigantescos apresentam novos desafios e geram pressões sem precedentes em todos os âmbitos do mundo do trabalho”, avalia o diretor-geral da OIT, Juan Somavia. O órgão ligado a Organizações das Nações Unidas (ONU) estima que o custo direto e indireto de acidentes e doenças do trabalho possa chegar a 4% do Produto Interno Bruto (PIB) do mundo, ou seja, US$ 1,25 bilhão. Essa quantia equivale a mais de 20 vezes os investimentos globais de assistência de desenvolvimento oficial. Migrantes e marginalizados correm riscos maiores porque se submetem a trabalhos mais inseguros.

No Brasil, também se estima que, além do incalculável prejuízo social, os acidentes e doenças de trabalho atinjam aproximadamente 4% do PIB nacional, levando-se em conta, além do setor privado, o segmento informal e rural, os funcionários públicos, os cooperados e os autônomos. De acordo com dados oficiais do Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho, publicado em janeiro de 2008, foram registrados no país 503.890 acidentes de trabalho em 2006, apenas na iniciativa privada regular.(tirado do site Reporter Brasil) 

– As vezes se fala tanto em acidente com dedinho no Fox e esquece………